quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Fábrica de Workshops


É hora de lançar-me noutros projectos, agora mais pessoais!
A Fábrica de Workshops é uma ideia minha há muito tempo guardada na gaveta. Ganha agora forma e corpo. Estamos em formato "colectivo" para conferir em (http://fabricadeworkshops.blogspot.com/

Inscrevam-se nos workshops e proponham novas ideias! O mundo é o limite! Até já!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Às vezes é assim!

As pessoas vivem em estado de relacionamento quando, em vez disso, deviam era viver o Amor. O estado do Amor. A intensidade do Amor. Do sentimento que brota do íntimo de nós.
Poucos são os que se permitem viver assim… no Amor e em Amor.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Assim...

A razão e a ciência apenas unem os homens às coisas, mas o que une os homens entre si, no nível humilde das felicidades e penas cotidianas da espécie humana, é essa representação afetiva porque vivida, que constitui o império das imagens.(Gilbert Durand, 1980)

sexta-feira, 12 de março de 2010

A Síntese de Tudo... ou lá perto!






Síntese das Antíteses


Só temos consciência do belo, quando conhecemos o feio.
Só temos consciência do bom, quando conhecemos o mau.
Porquanto o Ser e o Existir se engendram mutuamente.
O fácil e o difícil se completam.
O grande e o pequeno são complementares,
O alto e o baixo formam um todo.
O som e o silêncio formam a harmonia.
O passado e o futuro geram o tempo.
Eis porque o sábio age pelo não-agir. E ensina sem falar.
Aceita tudo que lhe acontece.
Produz tudo e não fica com nada.
O sábio tudo realiza – e nada considera seu.
Tudo faz – e não se apega à sua obra.
Não se prende aos frutos da sua atividade.
Terminada a sua obra, e está sempre no princípio.
E por isso a sua obra prospera.


Excertos do Livro Tao Te King, de Lao-Tsé

O “Nós” Holográfico




Foto: João Catalão

E se Deus for a inteligência suprema de todas as coisas, uma energia universal cósmica, a primeira de todas as coisas, causa de todas as causas, principio do principio de tudo e se tratar de um holograma?
Isto remete a minha imagem para o pensamento “visto”, para aquela particular “faculdade” à qual se refere qualquer e toda religião assim como todos os movimentos espiritualistas quando abordam Deus, a de que Ele reúne o todo numa só parte, por mais pequena porção que seja, quer se trate de uma pessoa, quer se trate do ar. “Deus está em toda a parte”, ouve-se da boca de párocos, mentores e mestres espirituais. E se Deus for apenas uma parte de um gigantesco holograma cósmico?
Um holograma consegue ser e estar ele “todo” em qualquer parte, por mais ínfima que ela o seja. Sendo esse um dos princípios e faculdades do holograma, então e que tal se Deus – dizem – está em toda a parte e se o seu “todo” é capaz de estar reunido numa só parte, reunindo o “todo” numa só parte por mais pequena que ela seja, será Deus um holograma? E se Deus é um holograma será que o ser humano “feito à sua semelhança” – como nos quer fazer crer a Igreja Católica ao longo de séculos – é também ele um holograma? A imagem está aqui, bem real na mente holográfica, conquistando essa suposição para algo tão verdadeiro e concreto quanto eu estar aqui a escrever este texto e ao mesmo tempo o leitor estar a ser manipulado por um registo holográfico da visão. Truque? Não. No todo de cada ser humano há um raciocínio holográfico, incluindo a mente. E isto porque todo o organismo humano é um receptor de frequência de ondas. A visão funciona como um tipo de analisador de frequência. E esses movimentos estão armazenados no cérebro. Logo, se extrai uma nova conclusão: o cérebro é holográfico e assim o corpo humano age holográficamente. Somos o “nós” holográfico!

Escrito em: Braga, 24 de Novembro de 2009
Autor: Dalila Monteiro

segunda-feira, 8 de março de 2010

Mais de 1 Século de Estórias...





Tertúlia: "103 Anos, 103 Dedos de Conversa da Brasileira"
Organização: Dalila Monteiro
Quinta-feira, 11 de Março, 21h30

O objectivo é mostrar relatos de histórias do café e da cidade de Braga através de diferentes gerações.
Assim sendo, o leque de convidados atravessa quase um século de vida do estabelecimento comercial bracarense mais antigo e ilustram uma visão bem diferente entre "novos" e "velhos" frequentadores do Café A Brasileira, em Braga.
Os convidados para participar nesta iniciativa são:

António Ferreira Fernandes, cronista do Diário do Minho e autor da Fanzine "Universo Paralelo"
Duarte Chaves, Jurista
José Manuel Tarroso Gomes, Jurista
Paulo Sousa, Gestor de Sistemas Integrados de Gestão
Sidóneo Silva, o mais antigo funcionário do Café A Brasileira


Inauguração da Exposição de Fotografias de Braga "A Noite na Cidade", de João Mota e Foto Beleza.
Organização: Clarabóia Programação Cultural da Casa do Professor
Quarta-feira, 17 de Março, 22h00 (103º Aniversário do Café A Brasileira)

Para assinalar a data de aniversário a Administração do Café A Brasileira promove sessões de música jazz ao vivo e a oferta dos doces “Brasiletinhos”.

terça-feira, 2 de março de 2010

Aulas à noite na U.M.... Finalmente!!!!







Finalmente, uma boa noticia para quem, como eu, não tem tempo para ir ás aulas diurnas.
A Universidade do Minho acaba de divulgar isto:

"Em 2010-11, em resultado da assinatura do Programa de Desenvolvimento Específico entre a Universidade do Minho e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Universidade aumentará significativamente o número de cursos de Licenciatura e Mestrado Integrado a funcionar em regime pós-laboral, estimando-se o funcionamento neste horário dos seguintes cursos da UMinho: Ciência Política, Ciências do Ambiente, Contabilidade, Direito, Economia, Educação, Engenharia Têxtil, Estudos Culturais, Física e Química, Geologia, Gestão, Línguas e Literaturas Europeias, Marketing, Música, Psicologia, Sociologia e Tecnologias e Sistemas de Informação.


Mais informação sobre o concurso especial para maiores de 23 anos, incluindo o Regulamento do mesmo e as provas a realizar para ingresso em cada um dos cursos, podem ser obtidas nos Serviços Académicos da Universidade do Minho ou através do portal http://alunos.uminho.pt"

Dias de Regresso...


Após um período longo de ausência nestas andanças, estou de regresso. Prometo ser mais assídua.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Jornal suspenso da TVI chega a Bruxelas

O assunto deu azo a imensas criticas e comentários de todos os lados da sociedade. Agora, a suspensão do Jornal de Sexta-feira da TVI chega ao Parlamento Europeu através de um eurodeputado social-democrata. O assunto diz respeito a Portugal mas incomoda um outro estado-membro, a Italia de Silvio Berlusconi. A discussão aos obstáculos à liberdade de imprensa acalorou o Parlamento Europeu.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

sábado, 3 de outubro de 2009

Mesquita com "RUM" 2







"Os responsáveis pela campanha de Mesquita Machado lamentaram ‘profundamente, a nossa não participação nestes debates, considerando inclusive que a nossa candidatura sai prejudicada por não ter a possibilidade de debater e contrapor argumentos às propostas dos nossos adversários políticos. Fica assim claro, que não nos pode ser assacada qualquer responsabilidade por esta ausência, quer pelos autores dos convites, quer pelos eventuais participantes’". In "Correio do Minho", 2 de Outubro de 2009




Pois, pois, assim passa a suposta vitima. Não é costume ser "cada cabeça sua sentença" ou agora há "outros" a decidir a vida pela "cabeça" do PS? Estranho, hein!!! Mais parece jogo de vitimização para aproveitamento politico. Onde é que eu já vi isto...???!!!!

Mesquita com "RUM" 1

Só os cobardes remetem responsabilidades suas para os outros. O episódio recente que envolve a candidatura socialista de Mesquita Machado à Câmara de Braga e o debate promovido pela Rádio Universitária do Minho (RUM)é revelador do modo como a maioria dos meios de Comunicação Social que operam localmente têm estado submetidos. Em Braga, e pelo que tenho apreciado enquanto jornalista, parece que a Liberdade de Imprensa incomoda os poderes instituidos. Não vou alongar-me muito mais nas minha palavras quanto a este caso, pois muitas considerações teria para fazer. Neste momento, remeto apenas para o julgamento singular de cada leitor as conclusões sobre os documentos que abaixo dou a conhecer. Até breve.



Rádio acusa PS/Braga de "boicote"
por SUSANA PINHEIRO,Hoje



A Rádio Universitária do Minho (RUM) acusa o Partido Socialista (PS) de Braga de "condicionar e tentar boicotar" a realização do seu debate com os candidatos dos vários partidos à presidência da câmara local "nos moldes em que a legítima e atempadamente propôs". O que acabou por culminar, quinta-feira à noite, na ausência do socialista Mesquita Machado no debate que a rádio difundiu ontem. O PS nega e garante que fez de tudo para que o seu cabeça-de-lista estivesse presente.
O director da RUM, Vasco Leão, garantiu que "só nos últimos dias é que o PS comunicou a indisponibilidade de Mesquita Machado" em participar na data marcada, quando todos os candidatos já tinham concordado com a mesma. Seguiram-se vários contratempos, acusou, desde o PS querer realizar um debate conjunto com outras rádios locais até tentar alterar o local e a hora. "Fomos informados que o facto de a RUM não aceitar dividir a organização do debate com uma das rádios faria com que se inviabilizasse qualquer um, pois o candidato do PS apenas se mostra receptivo a apenas um", denunciou Vasco Leão.
A direcção do PS contrapõe e assegurou ao DN que pediu às três rádios locais a realização de um debate conjunto "de forma a obviar conflitos com a agenda da campanha eleitoral".
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1379569&seccao=Norte




ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2009 – Esclarecimento acerca da ausência do candidato do PS, Engº
Mesquita Machado, no debate organizado pela RUM
Braga, 01 de Outubro de 2009
Exmos. Srs.
A Rádio Universitária do Minho, RUM, à semelhança da emissão que desenvolveu nas recentes eleições legislativas, começou a preparar em 19 de Agosto, toda a logística necessária à concretização da melhor cobertura possível do acto eleitoral próximo e, o consequente esclarecimento do nosso auditório e público em geral . A realização de um debate com os cabeças de lista dos partidos concorrentes á Câmara de Braga constituiria um dos eventos principais. Neste contexto, foram contactados e subsequentemente recebidas confirmações acerca da presença de todos os candidatos no referido debate marcado para o dia 1 de Outubro, excepto o do PS.
A explicação oficial sobre as razões da ausência do candidato deste partido, foi recebida num comunicado do responsável da comunicação Henrique Moura, hoje, dia 30 de Setembro, ás 17h.54m.
É no seguimento desta missiva (que se anexa) que a RUM entendeu esclarecer os restantes candidatos, o seu auditório, os Srs. jornalistas e o público em geral do seguinte:
1. A RUM definiu, em convite enviado a TODOS os candidatos, a 19 de Agosto de 2009, os moldes em que pensou concretizar as várias acções informativas relativas às Eleições Autárquicas de 2009, em Braga.
2. Entretanto, e após discussão sobre o melhor local para realizar o referido debate, e tendo em consideração que o anterior para as eleições legislativas tinha sido um sucesso, entendeu‐se utilizar o mesmo local – o auditório Ideia‐Atlântico.
3. As respostas das várias candidaturas confirmando, quer a gravação da entrevista, quer a gravação do debate, decorreu normalmente. A candidatura do BE mostrou total
disponibilidade para qualquer dos dias propostos, seguida da CDU, que sugeriu o dia
01 de Outubro, que posteriormente foi aceite pelo candidato do MPT, seguindo‐se a
da Coligação ‘Juntos por Braga’.
4. A partir daí, para existir consenso total acerca da data, faltava a resposta do PS.
5. A resposta do PS ao nosso convite, que se disponibiliza em anexo, surge no dia 21 de Setembro, um mês após o envio e a menos de 2 semanas do referido debate. Chamo a
atenção para o facto de não ter sido colocado qualquer objecção relativamente às
datas propostas.
6. No mesmo dia, às 18:52, a RUM enviou a resposta que se disponibiliza em anexo,
referindo‐se aos 3 pontos apresentados pelo PS. Destaca‐se, desde logo, que nesse
documento, está prevista a realização do debate no dia 01 de Outubro, às 21:15h, no
local atrás referido, decorrente da aceitação prévia por parte dos restantes
candidatos. Igualmente se refere que a RUM não vê motivos, já nessa altura, para
apreciar a sugestão apresentada sobre fazer o debate em conjunto com outros órgãos
de Comunicação Social, situação aliás que nunca nos foi colocada em concreto por
qualquer órgão de comunicação, até ao momento.
7. Na passada segunda‐feira, dia 28 de Setembro, fui contactado pelo Director do
Correio do Minho, Paulo Monteiro, que nos perguntou se a RUM mantinha a decisão
de não promover e realizar o debate em conjunto. Informei‐o que se mantinha essa
decisão, explicando as razões, sendo duas óbvias e legitimas nomeadamente a de que
a RUM não abdicaria da sua autonomia editorial, e também que o timing para tal
processo teria passado, há muito, para sequer ser considerado esse cenário. No
entanto, sempre disse que teria todo o gosto em ceder os registos sonoros integrais do
Debate a qualquer órgão de CS e autorizava, desde logo, a sua emissão em simultâneo
com a emissão da RUM. A partir do dia 24 de Setembro, e não havendo resposta
formal ao nosso mail de resposta atrás citado e após ser novamente reencaminhado,
como se coloca em anexo, decorreram as conversações entre a RUM, através da
minha pessoa, e o Dr. Vítor Sousa do PS Braga. Nessa primeira conversa, fomos
informados pelo responsável do PS, que o facto de a RUM não aceitar dividir a
organização do seu debate com uma das rádios do concelho, a Antena Minho, faria
com que se inviabilizasse qualquer debate, pois o Candidato do PS apenas se mostra
receptivo a um, e apenas, um debate.
8. A data da entrevista individual foi acertada. No que se refere ao Debate, o PS solicitou à RUM, novamente, a realização do debate em conjunto com outras rádios e, uma vez mais, a RUM negou, explicando, essa impossibilidade. No entanto ficou sensível às sugestões dos resposáveis do PS, no que respeita à não permissão de presença de público no debate e à possibilidade de alterar o local do mesmo para o Salão Nobre do Teatro Chirco(TC).
9. A prova disso, tal como refere o mail, é que fizemos esse contacto com o TC e fomos informados que não poderia ocorrer esse evento pois, nesse mesmo dia e à mesma
hora ocorre o Espectáculo Comemorativo do Dia Mundial da Música, na sala principal
do referido espaço.
10. Surpreendentemente, após várias negociações no dia de ontem, haveria outro
contratempo de última hora, a saber, a presença do Presidente da CMB e candidato
pelo PS, na cerimónia do Theatro Circo. A mesma que se relata no ponto que referimos
anteriormente. A isto também respondemos com a possibilidade de adiar por alguns
minutos o início do debate, por forma a poder estar o Presidente no TC e o candidato
no debate.
11. Mais surpreendentemente, fomos informados que não poderia ser dessa forma, pois o
Presidente não se quereria ausentar a meio de um espectáculo no TC. E pela primeira
vez, indicam uma nova hora para o debate, entre as 11 e as 12 horas, do mesmo dia.
12. Por razões óbvias que todos perceberão, a RUM negou prontamente essa
possibilidade, tanto mais que é apresentada pela primeira vez no dia 29 de Setembro à
tarde, a dois dias de um evento, que tanto tempo teve para ser confirmado. A aceitar
isso, seria um desrespeito pelos restantes candidatos.
13. No dia seguinte, ontem, chega à RUM a resposta oficial do PS, através do mail que
tomámos a liberdade de divulgar.
14. Reiteramos que tudo fizemos para ter hoje aqui, em carne e osso, TODOS os
candidatos à Presidência da CMB. Infelizmente, fica a LIGEIRA sensação que o PS
BRAGA fez exactamente o contrário, condicionando e tentando boicotar até ao limite,
a realização do Debate, nos moldes em que a RUM, LEGÍTIMA E ATEMPADAMENTE, o
propôs.
15. Por tudo isto, entendeu a RUM facultar também as comunicações escritas tidas com os responsáveis do PS Braga a este propósito, bem como a cópia da carta convite enviada em Agosto a todos os candidatos.
Com os melhores cumprimentos,
O Director da RUM
Vasco Leão



De: Henrique Moura [mailto:henrique.moura.60@gmail.com]
Enviada em: quarta-feira, 30 de Setembro de 2009 17:54
Para: RUM . Vasco Leão
Assunto: Debate

Exmo Senhor
Vasco Leão

Relativamente ao convite que nos foi dirigido para que o nosso candidato, Eng. Mesquita Machado, participe num debate, amanhã, dia 1, às 21h30, cumpre-nos informar o seguinte:

1. A direcção de campanha do Eng. Mesquita Machado, estabeleceu a disponibilidade do candidato para a realização de debates num quadro e procedimento que foi, atempadamente, divulgado a todas as rádios locais sediadas na cidade de Braga;

2. Na presença de vários convites que nos foram dirigidos, designadamente pela Rádio Universitária de Braga e Antena Minho, desenvolvemos todos os esforços no sentido de estas duas estações de rádio estabelecessem um acordo que permitisse a emissão conjunta de um só debate;

3. Entretanto, foi-nos comunicado, que depois de desenvolvido esse diálogo, não foi possível a cooperação que pretendiamos;

4. Para além disso, à data e hora do debate a ser gravado, o nosso candidato tem um compromisso já agendado, estará presente no Teatro Circo no espectáculo comemorativo do "Dia da Música";

5. Sabe a direcção da RUM que por parte da direcção da campanha, foram desenvolvidos todos os esforços para que Mesquita Machado estivesse presente no debate, propondo o mesmo dia entre as 11h00 e as 12h00, unico horário disponível de agenda, quer como Candidato quer como Presidente de Câmara.

Uma vez que nos foi informado, pela RUM, que nesse horário não era possível fazer a gravação do referido debate e atendendo ao facto do compromisso antes referido, agradecemos o vosso convite e lamentamos não poder estar presente como seria nosso desejo.
Agradecemos que estas explicações sejam referidas a todo o auditório da RUM, que muito prezamos e admiramos, queiram aceitar os nossos cumprimentos afectuosos.

Henrique Moura
Responsável Comunicação/CTE




À IMPRENSA ESCRITA E FALADA A FIRMEZA NA LIBERDADE DE IMPRENSA!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Hoje estamos em reflexão...



Porque hoje todos os portugueses estão em DIA DE REFLEXÃO, porque não irmos até ao Paraíso? Sempre é bem melhor que o inferno que vivemos até ontem!





Legislativas 2009


Sim, este é o último dia de campanha. Sim, eles são sempre os mesmos e sempre à procura do mesmo. Sim, quem muito acusa muito tem de se acusar. O PS acusa os outros de "falta de ideias novas", os outros acusam o PS de "falta de ideias novas". E todos, só agora se lembram de ter essas "ideias novas", ideias que fazem parte de um sistema velho, gasto, caduco.
Cada vez mais me convenço que não quero mais este sistema velho... e que é URGENTE vir por aí um SISTEMA NOVO, em tudo afastado de qualquer outro sistema até agora existente na Humanidade. Aos pensadores, aos idealistas, a todos os interessados e aos que realmente acreditam nas pessoas, eu lanço um apelo: ajudem a construir esse SISTEMA NOVO, livre de burocratas, livre de mafiosos, livre de corruptos, livre dos "manchas negras" do sistema velho.
E aqui fica o meu desabafo... e muito mais haveria p`ra dizer!!!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A Máscara 2

Lembram-se daquela frase de Roosevelt que deixei por cá em "A Máscara"?
Então recordo:
"Tratando-se de política, nada é por acaso! Estejamos seguros de que tudo o que se passa em política é muito bem programado!"

Pois, parece que há mais uma voz concordante de uma realidade que me farto de presenciar.
Um estudo feito por um - veja-se - assessor de imprensa revela que:

- «os jornalistas sabem que todo aquele cenário é ensaiado, tudo aquilo é preparado ao milímetro. Desde o comentário, à entrega da flor, ao líder partidário, tudo aquilo é meticulosamente preparado por estas fontes sofisticadas que tentam impressionar, que tentam a melhor imagem, a melhor fotografia e o melhor soundbite para marcar a ordem do dia com o seu candidato».

- "Mais de metade das notícias de política não têm origem nas redações concluiu um estudo feito por Vasco Ribeiro. No seu livro Fontes Sofisticadas de Informação, o autor apela a que haja mais jornalismo de investigação apesar de reconhecer que este é caro".

Está visto: Será que é por causa disto que Socrates se incomoda tanto com perguntas que fujam ao "combinado"???

Bem, para bom entendedor meia palavra basta e pronto!
A noticia do estudo está aqui.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Rua da Derrocada, um ano depois...






Um ano depois, ainda está muita coisa por resolver neste caso da Rua dos Chãos, em Braga. A derrocada ceifou a vida a 3 pessoas, os mesmos trabalhadores que foram surpreendidos com a tragédia no momento em que se vêm atirados para os escombros de um edifício vizinho. O prédio estava em ruína iminente desde 2002. Um ano depois do fatídico acidente, o mesmo dono e o mesmo prédio continuam em ruína imimente. O primeiro por alegada ausência de responsabilidade moral e o segundo por alegado abandono do primeiro. Mas quem pode julgar quem? À Justiça que se faça a sua justiça de ser justa no momento devido!
E porque hoje faz um ano em que o acidente ocorreu, o dono da obra deu um dia de folga para os colegas que viram colegas morrer. Um dia depois ao de este, ou seja, amanhã, decidem os políticos desta terra pela posse administrativa do imóvel que provocou a tragédia. O advogado das vitimas pede a demolição controloda, o quanto antes, face uma nova derrocada iminente. As obras voltam a estar suspensas por falta de condições e a "operação de segurança" que está montada para suster as fachadas já não garante a segurança que é exigida. Até porque, ao longo deste último ano, o edifício deslocou-se, contorceu-se e, como se pode ver, volta a correr o risco de ruir... mais uma vez!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

RELAÇÃO "ESPELHO"

Educação engloba os processos de ensinar e aprender. É um fenômeno observado em qualquer sociedade e nos grupos constitutivos destas, responsável pela sua manutenção e perpetuação a partir da transposição, às gerações que se seguem, dos modos culturais de ser, estar e agir necessários à convivência e ao ajustamento de um membro no seu grupo ou sociedade. Enquanto processo de sociabilização, a educação é exercida nos diversos espaços de convívio social, seja para a adequação do indivíduo à sociedade, do indivíduo ao grupo ou dos grupos à sociedade. Nesse sentido, educação coincide com os conceitos de socialização e endoculturação, mas não se resume a estes. A prática educativa formal - que ocorre nos espaços escolarizados,quer sejam da Educação Infantil à Pós Graduação - se dá de forma intencional e com objetivos determinados, como no caso das escolas. No caso específico da educação formal exercida na escola, pode ser definida como Educação Escolar. No caso específico da educação exercida para a utilização dos recursos técnicos e tecnológicos e dos instrumentos e ferramentas de uma determinada comuniade, dá-se o nome de Educação Tecnológica. Fonte: Wikipédia Este vídeo é considerado dos melhores que actualmente circulam na internet. Educamos quem afinal?
video

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Mosteiro em Agosto




De facto assumo, tenho uma ligação extremamente forte com o Mosteiro de Tibães, em Braga!


Querem conhecer mais?

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

D`Encontro ao Passado no Presente























"Tudo é uma questão de sintonia e afinidade
Que nos pode levar a construir a nossa prisão,
Ou a conquistar as asas da Liberdade".


Luís da Costa Martins
"Bom Senso", 2007

quarta-feira, 29 de julho de 2009

A Máscara




Lembremo-nos de uma frase de Roosevelt:

"Tratando-se de política, nada é por acaso! Estejamos seguros de que tudo o que se passa em política é muito bem programado!"

domingo, 26 de julho de 2009

Desta vez é entrevistado por bloggers e twitterers

Ás vezes querem nos fazer acreditar que ainda vivemos num país Democrático! Esta é uma daquelas noticias que me dá cá uma comichão... deve ser a "lêndia" cá na "Bracara"!!!! Desta vez espero que não haja espaço para "cortes" de questões nem "ameaças" do nosso P.M.! Mas quem serão essas "duas dezenas" de "escolhidos"? Amigos e inimigos: se forem um dos sortudos do "bilhete da lotaria" da semana, ora pois, aproveitem que esta é a oportunidade de "entalar" e "desentalar" seja lá o que fôr e que queiram. Aqui vai a noticia na integra:


Sócrates é entrevistado por bloggers e twitterers
26 de Julho de 2009, 22:28
A "BlogConf" realiza-se às 17,30h desta segunda-feira, em Lisboa e duas dezenas de bloggers podem colocar perguntas a José Sócrates. Os temas são livres e as inscrições são feitas aqui, uma página onde é explicado como vai decorrer a “blogo-conferência”.

Segundo a organização, “o Secretário-geral do PS estará à disposição dos bloggers para uma conversa. Livre. Sem restrições”. Cada autor de um blog pode colocar uma pergunta e “para as redes sociais estão reservadas 3 perguntas”.

Esta é uma iniciativa inédita em Portugal e é justificada pelo facto de “a comunicação abriu-se aos meios sociais. Não faria sentido que os candidatos a cargos públicos ignorassem a população que quer questionar, informar-se e debater sem a intermediação dos meios de massas. “

A iniciativa vai ainda ser transmitida em directo na Internet.


Fonte: aqui

"Temporada Aberta"


Está aberta a "temporada" como é expresso na imagem que me foi enviada por mail, recentemente.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Sindicato da Poesia fala Garcia Lorca


O Sindicato de Poesia apresenta no dia 27 de Julho o Rascunho #7:
“Lorca que te quiero Lorca”, às 21h45, na Velha-a-Branca, Largo da
Sra.-a-Branca, 23, Braga. Poemas de Federico García Lorca, ditos por
Ana Arqueiro, Ana Gabriela Macedo, Ana Rei, António Durães, Arlindo
Fagundes, Armanda Queiroz, Carlos Silva, Fernando Duarte, Francisca
Vasconcelos, Gaspar Machado, Irene Brito, Luís Barbosa, Luís Barroso,
Luísa Fontoura, Manuela Martinez, Marta Catarino e Paulo Pereira.
Ainda com Sara Amorim, com coordenação de António e Durães e Marta
Catarino.

Este recital insere-se na iniciativa Doze Meses Menos Um: rascunhos. O
Menos Um é Agosto, pelo que nos voltaremos a ver em Setembro.

«Federico García
hasta ayer se llamó: polvo se llama.
Ayer tuvo un espacio bajo el día
que hoy el hoyo le da bajo la grama.
Tanto fue! ¡Tanto fuiste y ya no eres!
Tu agitada alegría
que agitaba columnas y alfileres,
de tus dientes arrancas y sacudes,
y ya te pones triste, y sólo quieres
ya al paraíso de los ataúdes.»

in Elegia a la Muerte de García Lorca, Miguel Hernández.

Não, não é nenhuma efeméride. Efeméride seria a chegada do Homem à
Lua, mas não tinha Lorca chegado antes? Por el cielo va la luna con un
niño de la mano…

A poesia, o drama e a prosa de Garcia Lorca alimentam-se de obsessões.
O Sindicato, que é obcecado por Poesia, apropria-se de alguns poemas
do escritor Granadino, que nunca pertenceu a partido algum e foi por
isso assassinado, para transmitir algumas impressões da sua obra:
extractos de Romancero Gitano, Llanto por Ignacio Sánchez Mejías,
Diván del Tamarit, e Poeta en Nueva York procuram caminhos numa noite
de Verão, em direcção ao seu universo tão particular. Porquê esta
selecção? Porque é a nossa preferida.

As imagens sombrias e inquietantes, de um mundo mitológico movido por
forças indefiníveis, que povoam esta obra, assumem aqui um lado mais
lúdico: é Verão, o calor tanto mata os toureiros como enlouquece os
amantes, mas teremos sempre Cuba. E ressoarão os acordes de Lorca, na
Andaluzia e em Braga.

Sindicato de Poesia

segunda-feira, 6 de julho de 2009

quarta-feira, 17 de junho de 2009

TSF - "Estudo revela lacunas na comunicação de notícias negativas aos doentes"

"A preparação de médicos e enfermeiros para comunicarem noticias negativas aos doentes e familiares não é uma prioridade dos hospitais nacionais, concluiu o primeiro estudo nacional sobre “Comunicação hospitalar em Portugal”, apresentado esta quarta-feira".

Ouvir aqui.


"O estudo, feito com o objectivo de traçar um diagnóstico sobre o modo como os hospitais portugueses organizam a comunicação interna e externa, com os doentes e entre hospitais, mostrou que apenas 33 por cento - o que equivale a três em cada dez unidades de saúde - apostam nesta área específica.

A coordenadora do estudo revelou à TSF que para além da forma como são comunicadas as notícias negativas, foram detectadas outras falhas, como a falta de «formação em liderança e motivação».

Para Ana Margarida Ximenes, o problema da comunicação poderia ser resolvido através da inserção de uma cadeira de comunicação nas faculdades de saúde."



NOTA: Infelizmente esta noticia relata uma das puras realidades! Falo pela realidade que vivo... e lamento apenas que assim seja, pois é sempre preferível obter a verdade, mesmo que ela seja dura de ouvir!!!! Um apelo: que este estudo sirva de sensibilização para quem decide deixar o doente à mercê da dúvida e da ignorância pela alegada "ignorância" de quem devia saber tratar destes assuntos com a clareza que o assunto merece SEMPRE.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Ao sabor dos poderes...


Foto: Fergas, Torre de Moncorvo......................................................


Em Portugal, os tentáculos do "poder" estendem-se por caminhos fáceis. Tão demasiado fáceis que encontrar o fio condutor passa a ser fácil, mesmo perante simples "cliques" da internet.


Poucas semanas atrás foi preciso deslocar-me à bela região de Trás-Os-Montes, a uma vila até então desconhecida para mim, Torre de Moncorvo. Daí vieram sinais evidentes das "evidências" que há muito "muitos" suspeitam. A começar pela construção da Barragem do Baixo Sabor que ainda está em fase de inicio de construção mas já movimenta imensas "águas" de correntes contrárias. Desde já, os argumentos que opõem a EDP e o meio ecologista português perante a "urgência" na construção de barragens no país. E, nesse sentido, ao efectuar algumas pesquisas encontrei um estudo que há muito tempo é aparentemente "silenciado" e desvalorizado e que refere o seguinte: a construção da barragem do Baixo Sabor pode potenciar a actividade sismica no local. A denúncia partiu de um habitante de Felgar, uma das aldeias afectadas pela construção da barragem. Enquanto estudante da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro em Vila Real lançou a questão para alguns investigadores e daí salta à vista o estudo académico que levanta esta dúvida acerca da construção da barragem: a de promoção da actividade sísmica de alto grau no local. A EDP chegou a encomendar um estudo a peritos norte-americanos para investigar o assunto mas os resultados desvalorizam o estudo académico “Sismos e Barragens: o Caso da Barragem Baixo Sabor" feito pelo Departamento de Geologia da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro.
Em resumo, o estudo refere explicitamente que “o Estudo de Impacte Ambiental subestima a perigosidade sísmica da zona" e que “é necessário estudos geológicos adicionais, antes de se tomar qualquer decisão política” sobre a construção da barragem. Recentemente, na China, ficou provado que o sismo de 7.9 na escala de ritcher foi provocado por uma barragem de idêntica construção. Neste "acidente da natureza" morreram 69 mil chineses. Foi em Abril deste ano. É claro que a Barragem do Baixo Sabor implicaria muito menos gente, as mesmas que habitam nos concelhos de Torre de Moncorvo, Alfandega da Fé, Mogadouro e Macedo de Cavaleiros. Mas isso parece pouco importar a quem está "realmente" interessado no projecto. Senão vejamos:

A Lena Construções, em consórcio igualmente repartido com o Bento Pedroso Construções ( Grupo Odebrecht ) ganhou a adjudicação da construção do Aproveitamento Hidroeléctrico do Baixo Sabor. Ver aqui. http://www.portugaldigital.com.br/noticia.kmf?cod=7452942&canal=159

E aqui. E aqui.


O crescimento do grupo é notório. Há noticias publicadas na internet que revelam o quanto cresce este grupo a cada dia que passa.

Durante essa minha deslocação até junto do ponto de contrução da nova barragem, dois agricultores indignados chamaram à minha atenção o facto de a construtora da barragem "pertencer a uma grande empresa, Grupo Lena, cujo um dos accionistas será José Socrates". À distância de um "clique" consegue-se perceber algumas ligações do passado entre o Primeiro-Ministro e o grupo Lena. Para inicio de estória, começemos pelo surgimento do novo jornal "i".
Quase um ano depois de ter sido oficialmente apresentado, o novo diário de informação geral da Sojormedia, braço de media do grupo Lena, o "i", chegou às bancas dirigido por Martim Avillez Figueiredo e com uma equipa de 74 jornalistas. O "i" representa um investimento de 10,4 milhões de euros, sendo um dos mais badalados e caros projectos de media, em Portugal, dos últimos anos.
Mas: Quem é o grupo Lena?
“O grupo, com o fundador, começou na construção civil de obras públicas, há pouco mais de trinta anos. Pouco tempo para uma cultura de empresa de tradição. Tempo suficiente para perceber todos os mecanismos do poder político português dos últimos anos”, cita o blogger “Portal da Loja”, no post de 4 de Março de 2009. “Os construtores civis de obras públicas, são quem melhor entende a idiossincrasia do poder político desta democracia que nos tem dado Jorges Coelhos e Armandos Vara. Com uns Sócrates à mistura e uns Dias Loureiro por acrescento e cimento-base”, cita ainda o mesmo blogger.

Mas para conhecer melhor quem é o Grupo Lena veja aqui.


Este grupo tem mantido um assinalável crescimento nos últimos anos que impressiona qualquer um que esteja atento aos efeitos da crise económica, sobretudo em Portugal.
Lembram-se do famoso episódio do cigarro “ilegal” de Sócrates em pleno voo? Pois essa viagem rendeu 500 milhões de euros para o Grupo Lena. Entenda-se aqui porquê!!!

Mas os negócios com a Venezuela não ficam por aqui. Há mais: “A Lena Construções assinou o contrato para a ampliação do Porto de La Guaria, na Venezuela, um investimento de 658 milhões de dólares (419 milhões de euros), informou a sub-holding do Grupo Lena para a construção”. Basta ler aqui e aqui.


Depois, os negócios do Grupo Lena chegam às estradas.

Daí, se compreenda o desejo incessante que defende Sócrates de “investimento público” no país. Sobretudo, onde? Aqui.


E também por isso, não seja de estranhar a permanente presença do PM em inaugurações do Grupo Lena, como aqui!

Mesmo assim, há quem arrisque a publicar algumas outras evidências num “Correio Indiscreto”.

Perante tais evidências tão “evidentes”, pelo menos para mim, não é de estranhar o “estranho” caso de corrupção que envolve o Primeiro-Ministro, José Sócrates, no caso da Cova da Beira e que pode compreender melhor aqui.


Logo, percebe-se o porquê de tanto ódio de Sócrates dirigido a Manuela Moura Guedes, sobretudo, quando o Primeiro Ministro dá uma entrevista à RTP. O método de MMG pode não ser o melhor, e não o é perante os olhos de qualquer jornalista, mas pelo menos ficamos a saber de algumas coisas que se passam neste país, tais como este caso!!!

E, por fim, não é de estranhar as “semelhanças” que ocorrem perante alguns “modus operandi”!!! Qualquer semelhança com a realidade, acreditem: será pura coincidência?????!!!!!!!!!! Ver aqui.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

PERIGO DE DERROCADA



Foto: João Catalão.



Em apenas oito meses, duas grandes derrocadas na cidade de Braga chegam ao conhecimento do grande público, mas muitas outras - mais pequenas - nem sequer foram noticia. Aqui fica um registo de mais um edificio da cidade em ruína iminente... e houve até quem tivesse o CUIDADO DE AVISAR A TODOS!!!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Documentário "Quem somos nós"?

Através das nossas emoções co-criamos este mundo! Afinal, "Quem somos nós"?
Há milenios de anos e séculos que a Humanidade atravessa a realidade quântica. Essa realidade esteve sempre presente, apenas faltavam os "olhos" certos para a ver. O caminho que traçamos, enquanto Humanidade, é unissono. À medida que damos cada passo no conhecimento damos mais um passo na nossa inteligência, e à medida que damos mais um passo na nossa inteligência outro passo damos rumo àquilo que sempre nos indentificou como "ser". Apenas nos tem faltado os "olhos" certos para reconhecer o quanto vale apenas "ser".
Este filme dedico-o os cépticos que conheço e a todos os outros que desconheço. Open Your Mind This Time.
Bom filme.

Parte I
Parte II
Parte III
Parte IV
Parte V
Parte VI
Parte VII
Parte VIII
Parte XIX
Parte X
Parte XI
Parte XII

domingo, 17 de maio de 2009

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mergulho cónico




Viana do Castelo, Fábrica de Geradores e de Mecatrónica, da Eólicas de Portugal, SA - Lanheses

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Portugal no seu Melhor... ou talvez Pior 1




Exemplos como o desta imagem, capturada num café da Trofa, repetem-se aos milhares por esse Portugal fora... Mas por agora centre-se a atenção nestes exemplos daqui!!!!

Pedaçinhos da "Mercado Azul"...





Livros para abrir… Brinquedos de agora e de antigamente… e uma Ludoteca!!!!
A MERCADO AZUL está quase a abrir!! É em Guimarães.

domingo, 12 de outubro de 2008

Anti-racismo SIM, Racismo NÃO 2







Em que país estamos... Um mês depois, ainda está lá isto junto à entrada principal dos correios de Maximinos, em Braga!

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Queres combustiveis mais baixos? Então junta-te ao protesto...

No momento em que as gasolineiras demoram a reagir à descida do preço dos combustíveis, a Deco convida todos os condutores e não condutores a aderir ao protesto através da sua página on-line. Assim, é possivel que o movimento de protesto cresça e se legitime, basta deixar os dados. "O apoio de todos será utilizado para reclamar direitos junto das autoridades competentes" refere a Deco.
"Reivindicamos mais transparência no sector e a criação de uma entidade reguladora competente. Mais: queremos que o Governo aumente a eficiência na sua acção de fiscalização", acrescentam.
No próximo dia 27, Sábado, a proposta da Deco aos automobilistas é que se juntem à Jornada Nacional de Protesto e não abasteçam os seus veículos durante todo o dia. Para tornar mais visível esta causa, cada condutor pode descarregar o cartaz alusivo que se encontra em anexo, imprimir e colar no seu carro. Na véspera, durante a manhã, a DECO vai estar na Praça Duque de Saldanha, em Lisboa, e as suas delegações regionais, um pouco por todo o País, a distribuir panfletos informativos.
Desde já, agradeço esta acção!!! E reformulo o apelo da Deco: "Faça crescer a lista dos nomes para protestar junto do Governo, passando a palavra a amigos e familiares". Assim seja...

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Anti-racismo SIM, Racismo NÃO








Ainda há gente cuja ingorância leva a confundir as coisas...
Ainda há gente que desconhece que não há "castas" humanas, mas tão só a RAÇA HUMANA...
Ainda há gente que é "neo-racista", em todo o planeta, sobretudo, em Braga, onde esta foto foi tirada mesmo junto à entrada para os CTT de Maximinos...
Ainda há gente que não sabe que a biologia moderna e em especial a genética das populações vieram dar fundamento àquilo que todo e qualquer humano inteligente percebe, ou seja, "as raças como realidade natural, não existem", pelo menos no ser humano...
Ainda há gente que desconhece que a "cor da pele modifica-se numa escala de tempo muito curta" e que só são precisos "20 000 mil anos para modificar a cor média de uma população"...
Ainda há gente que não sabe aquilo que a Biologia já provou há dezenas de anos, ou seja, que as "variações genéticas a partir das quais se diferenciam populações só podem ser aferidas em três sistemas: os grupos sanguíneos (ABO), o factor Rhésus (positivo ou negativo) e o HLA - Human Leucoeyte Antigene"... e que os "genes de cada um destes sistemas estão presentes em todas as latitudes, existem em todas as populações humanas"...
Ainda há ignóbeis que teimam em não perceber que "todos os gupos humanos partilham uma mesma geneologia na medida em que descendem de uma única população" e que teve origem num "pequeno grupo de Homo Sapiens vivendo entre a África Oriental e o Médio Oriente"...
Ainda há gente que teima em aceitar que "raça" é tão só e apenas "uma construcção social" e jamais "uma realidade natural"...
Por tudo isto e muito mais daquilo que se poderia afirmar aqui se informa a essa gente que, no que diz respeito ao ser humano, "AS RAÇAS SÃO CRIAÇÕES SOCIAIS" LOGO TRATA-SE DE UMA CRIAÇÃO CULTURAL...
RACISMO JAMAIS!!!!


Nota: todas as citações presentes neste "post" foram retiradas de um texto intitulado "A Natureza da raça", da autoria da docente universitária Manuela I. P. Pereira da Cunha, do ICS/CCHS da Universidade do Minho, em Braga.